quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Doce de frutos mel e milho



Andei a pesquisar nas minhas revistas um doce de colher, meeesmo docinho! Encontrei uns poucos mas nada de tão original como este ao qual dei o meu toque pessoal, com os ingredientes que tinha em casa.
Ora aqui vai a receita






Tinha uma lata de milho doce( 200g ) o qual fervi em leite durante algum tempo,para ficar mais tenro. Depois de cozido deixei arrefecer tirando o leite.
Separei as claras de 2 ovos, bati as em castelo, e reservei no frigorifico.
Numa taça bati 60g de manteiga com 3 colheres de sopa de mel, juntando as 2 gemas e casca ralada de 1 laranja.
Misturei o milho a esta massa, juntando +- 50g de amendoas aos pedaços e envolvi as claras em castelo.
Num recipiente untado com manteiga, deitei metade da massa e polvilhei com canela. A seguir espalhei cerejas em calda e pedaços de ananás. Cobri com a outra metade da massa, polvilhando-a com pão ralado e pedacinhos de manteiga.
Levei ao forno pre-aquecido a 200ºC até ficar levemente corado.






sábado, 24 de novembro de 2012

Arroz de Polvo

Quando quis fazer este arroz de polvo, comecei por procurar as receitas mais populares das nossas regiões. Fui dar com uma receita daqui do Minho que me pareceu bastante boa, mas como sempre acabei por altera-la e acabou por resultar bem. Espero que seja do vosso agrado, assim como foi para nós.


*Cozi um polvo de 1kg. Estando cozido, parti-o aos bocados. 
*Guardei o caldo onde foi cozido. 
*Entretanto numa panela, fiz um refogado com cebola e um ramo de salsa em azeite. 
*Juntei o polvo que temperei com piripiri, um bom golpe de vinagre e adicionei pedaços de presunto. Envolvi e deixei tomar gosto.
*Deitei o arroz, deixando-o fritar um pouco e juntei o caldo.
*Estando o arroz meio cozido verifiquei os temperos e levei-o ao forno a 200º G, até o arroz estar cozido e apresentar uma crosta tostada por cima.  

sábado, 17 de novembro de 2012

Polvo guizado



Este polvo guisado, senhor de um molho fantástico, não ficou muito tempo na travessa ;)









Primeiro cozi o polvo num pouco de água e vinho branco, na panela de pressão. À parte fiz um refogado com azeite, manteiga, 3 alhos e uma cebola média picados.
Quando o polvo já estava meio cozido,cortei-o aos bocados e deitei-o no refogado a cozinhar lentamente. 
Estando a ganhar liquido e a ferver,adicionei um pouco do liquido da cozedura. Temperei com piripiri, um ramo de salsa e uma folha de louro.







Estando o polvo macio, adicionei metade de uma chávena de vinho branco, duas colheres de sopa de vinho do Porto e uma chavena de vinho tinto, aos poucos. Deixei ferver lentamente até estar apurado. Provei e acrescentei-lhe um pouco de sal.
Servi com batatas cozidas e fatias de pão de milho.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Tarte de banana caramelizada com creme de amendoim



Esta tarte foi retirada na integra da Vaqueiro e resultou bem, alem do mais tem os ingredientes que eu mais gosto.







Massa:
250g de bolacha maria
60g de Vaqueiro

Triturar as bolachas na trituradora, juntar a vaqueiro cortada aos pedaços e voltar a triturar ( tirei as bolachas trituradas com a Vaqueiro para uma taça, e deitei um pouco de leite, para tornar a massa mais maleável).
Forrar uma tarteira de 22cm, com a massa.

Recheio:
3 bananas
30g de Vaqueiro
3 colheres de sopa + 120 g de açúcar
0,3dl de rum (usei brandy)
150g de manteiga de amendoim (usei manteiga de amendoim crocante)
2dl de natas frescas







Descasquei as bananas e cortei-as as rodelas. Numa frigideira anti-aderente, deitei a margarina e levei a derreter em lume brando. Verti as bananas na frigideira e polvilhei com as 3 colheres de sopa de açúcar, deixando as bananas caramelizar de ambos os lados. Reguei com o brandy e puxei o fogo.
Sobre a caixa de bolacha dispus as rodelas de bananas.
Noutra taça bati a manteiga de amendoim com o açúcar até obter um creme, adicionei as natas bem frias e continuei a bater ate a mistura ficar espessa e cremosa.
Espalhei o creme sobre as bananas e levei ao frigorífico, por algumas horas.
Parti amendoins aos pedaços para decorar a tarte.

 

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Mistura de espirais com salsichas e legumes


Esta refeição foi extremamente fácil de elaborar e ficou muito gostosa.





Para duas pessoas:

espirais finas - meio pacote
2 salsichas frescas
1 pimento
tomates cherry
tomilho qb.
piripiri qb.
sal
natas 1 pacote de 200 ml
alho em pó a gosto






Puz as espirais a cozer em água e sal. Entretanto, grelhei as salsichas, os tomates cherry picados com um espeto, o pimento ás tiras. Estando as espirais prontas, temperei com tomilho, piripiri e alho, acrescentando um pouco  das natas e envolvendo bem.
A seguir, cortei as salsichas em pedaços, os tomates cherry ao meio e as tiras de pimento aos pedaços. Deitei tudo na massa e envolvi de novo. Acrescentei o resto das natas, envolvi bem e a refeição ficou pronta.
Nada mais simples, fácil e economico, além de saboroso.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

1º Aniversário do blog " Sweet my Kitchen"

O " Sweet My Kitchen" blog da Marisa, está a completar o seu primeiro aniversário e tem uns miminhos para nós, que irá sortear em breve.
Para mais informações é só consultarem o link abaixo.

1º Aniversário Sweet my Kitchen


Parabéns Marisa.

sábado, 3 de novembro de 2012

Frango com vinho do Porto




1 frango
3 alhos
tomilho 1 colh.de café
piripiri
sal qb.
vinho branco 1 chávena de chá
sumo de 1/2 limão
vinho do Porto 1 cálice
manteiga qb.
margarina qb.

Primeiro parti o frango aos pedaços,  limpei-os de peles e pu-los dentro de uma taça com os alhos cortados aos pedaços, o tomilho, o sal, o vinho branco e o sumo de limão.
Deixei-os a marinar por vinte minutos .
Numa panela deitei a manteiga e a margarina, juntei o frango aos pedaços e deixei-o corar de ambos os lados e temperei com piripiri. Ficaram a cozinhar em lume muito brando.
Quando estavam quase prontos deitei aos poucos o vinho do Porto até  se formar um molho grosso.
Acompanhei com arroz, de açafrão Turco, cozido em leite de coco.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Galette de peras e maças com compota de abobora





Usei uma tarte de massa  quebrada,que untei com caramelo misturado com compota de abóbora feita em casa. A seguir, cobri-a com fatias de pêras Rocha e maçãs Reineta. Reguei com o resto da mistura de compota e caramelo.
Levei ao forno a 200º por 30 minutos.